1 de abr de 2012

Paula Fernandes e uma voz amiga

Essa semana morreu o humorista Millôr Fernandes.
A Geração Y, ofendida pela aparição de alguém fora do seu universo-umbigo, fez a imediata indagação: "Quem foi Millôr?"

Sei que ele nunca foi pai da Paula Fernandes cantora. Era pai de outra Paula. Não a cantora que o Brasil ama.

Uma amiga conhece a Paula cantora. Até passou links com os sucessos da popstar tupiniquim.

Não cabe a mim dizer isso ou aquilo de Paula Fernandes. Para a minha amiga, deixo um retrato da sua intérprete predileta.

Um comentário:

Célia Rangel disse...

Ah! Que peninha... os desmemoriados! Assisti ontem, na TV Cultura - um Roda Viva (reapresentação) - em que Millôr - com muita propriedade falou de assuntos que "nossas Paulas" deveriam aprender - "o be-a-ba" de um cidadão (ã) politizado!
Bj. Célia.