1 de fev de 2012

Contos mínimos que não são de fadas

1- Escolheu o melhor vinho para aquela noite. Mas levou mesmo foi um chá. De cadeira.

2- Por se julgarem um casal elegante, ela e o marido jamais admitiam aos amigos que tinham juntado os trapinhos.

3- Dizia aos amigos que "se bastava" sem o ex. Mas bastava estar só pra começar a chorar.

4- Adepta da teoria "morar separada e viver junto", restava a ela brigar com a própria sombra.

5- Reclamava que o parceiro falava pouco ou nada. Mas ficava falando isso o tempo todo na orelha dele.

6- O casal de escritores viveu feliz para sempre. Com os direitos autorais de seus contos de fadas.

7- Aos amigos, reclamava do fígado azedo da mulher. Embora ele, o marido, fosse azedo em todos os órgãos do corpo.

8- Ter levado um pé na bunda foi um tapa na cara.

9- Após pagar um jantar, ouviu da acompanhante: "Azar o seu!" O sorriso sarcástico dela sugeriu a sobremesa: uma torta. Na cara.

Nenhum comentário: