8 de jul de 2011

Humor Moreno


Ele se parece com muita gente. Luiz Gonzaga, Caetano Veloso, Alceu Valença: todos esses artistas da música são imitados pelo Moreno.

Embora traga o nome do filho do Caetano em seu sobrenome, João Cláudio é filho do Piauí. Aquela terra que Juca Chaves ironizava nos anos 70, sem sentir na pele o calor dos nativos piauienses. Um calor de mais de 40 graus.

João Cláudio Moreno tem o humor do nordestino, da língua talhada a faca. Trabalhou com o nordestino-mór Chico Anysio, com quem aprendeu que é necessário rir de si mesmo. Sem nunca perder de vista a seriedade quando preciso. Seriedade exercitada por João Cláudio em suas entrevistas, monólogos que vão muito além da cultura de Google de tantos humoristas.

João tem um nome pra lá de popular. O comediante Moreno não é tão popular assim. Se santo de casa não faz milagre, João Cláudio leva sua casa, o Piauí, para todo lugar que vai. Milagre é ele aparecer na TV, às vistas da audiência plana. O que prova o velho ditado, agora com um toque de modernidade: santo de plasma não faz milagre.

Há imitadores e imitadores. Quem imita a vida com arte, captura a alma de um povo. Com liberdade incondicional, Moreno prende a atenção até dos politicamente corretos. Eles que se cuidem, que pessoas feito João Cláudio estão aí para preservar o direito de rir e vir.

Um comentário:

Regina Magnabosco disse...

Grande, Érico. Estou aprendendo um bocado de coisas com você, sua cultura. Seu blog é muito bom. Abraço!