26 de out de 2010

Chuvas, relâmpagos, trovoadas e enchentes

Tirando alguns comentários esparsos e mal-humorados no Twitter, ando evitando falar de campanha presidencial neste blog. Porque não adianta se manifestar quando todo mundo quer ter razão na base da falta de razão.

Nesta segunda-feira que passou, houve o penúltimo debate do segundo turno das eleições para presidente. Mais uns dias e teremos uma nova pessoa a ocupar a cadeira tão cobiçada a cada quatro anos.

A tira desta postagem não passa de uma ilustração amena do clima tempestuoso que tomou conta dessa campanha. Entre chuvas e trovoadas, espero que o Brasil se salve.

Nenhum comentário: