22 de jun de 2009

Humor sem querer

Adoro a Adriana Calcanhotto. Pra mim, das cantoras-compositoras deste Brasilzão de Deus, ela é a melhor.

Seus últimos CDs (Adriana Partimpim e Maré) não saem dos meus ouvidos. Depois do trabalho infantil, Adriana incorporou nas canções novas uma leveza inexistente em seus discos anteriores. Ponto pra ela.

No entanto...

Há uma canção recente, do Maré, que não consigo escutar sem me contorcer em risos ferozes e felizes. É aquela que diz: "... e a montanha insiste em ficar lá parada".

Uai. Que eu saiba, a montanha não tem outra opção, a não ser ficar onde está. Ou tem? Vai saber.

Um comentário:

dandonota disse...

Erico, esta vc acertou totalmente. Também não consigo entender esta música, que aliás, desce quadraaaado!!!
Risos!