4 de mai de 2012

Fábula Cabulosa (inspirada nas fábulas de Millôr)

O sujeito cínico - saudável, altivo, sarado e cheio de vida - perguntou ao sujeito diplomático porque estava tão encurvado, barrigudo, careca e cheio de olheiras. 

O diplomático ergueu os olhos, desencurvou-se por breves segundos, arrumou os raros cabelos e respondeu:

- Estou assim para garantir a sobrevivência da sua espécie.

MORAL: "Tu te tornas eternamente irresponsável por aquilo que cultivas".

2 comentários:

Célia Rangel disse...

... pensando muito na minha horta... [risos]...
Bj. Célia.

Fabio San Juan disse...

Nossa, ótima história... sem ironia. E o desenho está muito, muito legal. O traço no computador está muito solto, bonito. Legal, mano.