26 de abr de 2011

Sete edições de um jornal que é a sua cara




Um retrato bem-humorado de gente famosa ou não. Assim é a caricatura ao vivo, comum em festas ou eventos.

A atividade ganhou um diferencial com o lançamento do Jornal Caricaras.

O jornal traz na capa de cada exemplar um espaço em branco para uma caricatura personalizada.

A seguir, as edições já lançadas, os locais de lançamento e o conteúdo de cada uma.



CARICARAS 1 (2007) - A primeira edição, de mil exemplares, teve lançamentos em Piracicaba, São Paulo e Tatuí.


Somente na Festa das Nações de Piracicaba, em maio de 2008, o estande especial de Caricaras acolheu quinhentos compradores do tablóide, número igual ao de caricaturas feitas nos exemplares.

Ao lado, a capa com a caricatura de Sidney Gusman, editor do site UniversoHQ, o primeiro a noticiar o lançamento, na internet.

O número inaugural trouxe crônicas de Érico San Juan, entrevista com Moacyr Franco, caricaturas e tiras de celebridades.



CARICARAS 2 (2008) - O novo número, mais uma vez com tiragem de mil exemplares, teve apoio cultural do Jornal de Piracicaba.

O lançamento ocorreu na abertura do Salão Internacional de Humor da cidade, em agosto.

Uma agenda de
divulgação e lançamentos foi feita em diversas cidades do interior paulista: Votuporanga, São José do Rio Preto, Limeira e Campinas, além da capital São Paulo.

Em Campinas, o jornal participou da tradicional Feira de Artesanato, ao lado do Centro de Convivência.

A segunda edição trouxe um horóscopo com caricauras de celebridades, uma matéria sobre capas de discos e tiras do Pamonha de Piracicaba.



CARICARAS 3 (2008) - O jornal chegou à terceira edição com a mesma tiragem anterior e o apoio do Jornal de Piracicaba.

O pré-lançamento aconteceu em 12 de outubro de 2008, no último dia de exposição do Salão Internacional de Humor de Piracicaba.

Na ocasião, cerca de duzentas pessoas levaram para casa seus jornais e respectivas caricaturas nas capas.

O lançamento oficial aconteceu no Festival Internacional de Humor do Rio de Janeiro, em 22 de outubro de 2008.

O primeiro a prestigiar o Caricaras foi o chargista Chico Caruso, do jornal O Globo. Os cartunistas Angeli, Laerte, Nani e Sábat também levaram seus exemplares personalizados.


No dia 21 de novembro, véspera da final dos Jogos Abertos do Interior, em Piracicaba, o jornalista José Trajano, diretor de jornalismo da ESPN Brasil, ganhou deste cartunista um Jornal Caricaras com sua caricatura na capa (foto ao lado).

A publicação também teve lançamentos no Colégio Metropolitano, em Piracicaba, e no Palacete Levy, em Limeira.
O terceiro número trouxe um papo com a humorista Marcela Leal, um calendário com mais caricaturas de celebridades, além de um novo e bem-humorado horóscopo.



CARICARAS 4 (2009) - Último número a contar com o apoio do Jornal de Piracicaba, manteve-se seus mil exemplares.

O lançamento do novo jornal foi feito em São Paulo, na Associação Cultural Rio Verde, na Vila Madalena, no final de maio.

Em agosto, voltou a ser lançado na capital paulista, desta vez na Livraria HQ Mix, na praça Roosevelt.

A edição trouxe um bate-papo com os irmãos cartunistas Érico e Fábio San Juan, mais tiras do Pamonha de Piracicaba, horóscopo de astros e estrelas da tevê.

O destaque do quarto número foi a página central com piadas e histórias e quadrinhos ao estilo "toalha de mesa".



CARICARAS 5 (2009) - O quinto número do jornal nasceu de "pé quente".

A nova edição de mil exemplares esgotou em um único evento: o Salão Internacional de Humor. De Piracicaba, é claro.

Nos finais de semana de agosto a dezembro, os visitantes do Salão levaram exemplares do Caricaras com suas caricaturas nas capas.

O miolo do Caricaras trouxe as principais séries de tiras de Érico San Juan, feitas nos dezoito anos de carreira do artista.

Para falar dessas quase duas décadas de trabalho, o jornal trouxe depoimentos dos artistas gráficos Orlandeli, Laudo e Spacca e dos jornalistas Sidney Gusman e Paulo Ramos.



CARICARAS 6 (2009) - No último fim de semana do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, o lançamento do sexto jornal foi antecipado, decisão que se mostrou acertada.

Duzentos exemplares com caricaturas nas capas foram adquiridos pelo respeitável público.

A edição seis contou com os apoios luxuosos do Sebo Mutantes, Silk Sign e Red Spider Studio.

Além do Salão de Humor, naquele ano Caricaras esteve em eventos como a Festa do Milho e da Pamonha, promovida pela Prefeitura de Piracicaba. Também marcou presença no Salão Universitário de Humor da cidade, já no ano de 2009.

A capa e a última página da edição viraram um poster com piadas, desenhos e frases de efeito. O espaço em branco para a caricatura exclusiva do leitor permaneceu.

O miolo trouxe crônicas, tiras do personagem Dito, o Bendito, uma inusitada seção de horóscopo chinês e uma homenagem a Elifas Andreato, capista-símbolo dos melhores discos da MPB.


CARICARAS 7 (2010) - O sétimo Jornal Caricaras marcou presença na Festa das Nações, em lançamento no Engenho Central em Piracicaba, no estande do jornal A Tribuna Piracicabana.

O jornal trouxe no miolo crônicas, tiras em quadrinhos, caricaturas minimalistas, minicontos e frases de efeito de Érico San Juan, além de um perfil do músico, produtor e maestro Eumir Deodato.



Nenhum comentário: