10 de ago de 2009

Quem? O escritor, oras!

Quem lança autobiografia sempre esquece de contar o fim da história.
Quem escreve romance policial não é nada romântico.

Quem escreve memórias não se lembra que sua vida pode não interessar a ninguém.
Quem escreve na primeira pessoa nem sempre dá bola para outras pessoas.

Quem escreve autoajuda só ajuda a si próprio.
Quem escreve para "botar algo pra fora" vai no banheiro, não precisa escrever.

Quem não admite escrever livro "pra vender" só aluga a paciência alheia.
Quem se diz escritor "sério" só pode estar brincando.

Jânio Quadros escreveu dicionário, escreveu romance, e ficou famoso por seus bilhetinhos.
Nelson Rodrigues era considerado escritor de quinta, e hoje é publicado em edições de primeira.

Há quem diga que sua vida daria um livro. Quem fala isso geralmente não é capaz de escrever uma linha. Ainda bem.
Tarde de autógrafos vazia deixa o escritor sem dormir à noite.

O escritor tem sentimento. Primeiro sente uma dor na bunda por ficar tanto tempo sentado escrevendo.
Escritor não trabalha com inspiração. Escritor trabalha.

Nenhum comentário: