13 de mai de 2009

Cheirando mal

Estava ontem em São Carlos, procurando um ônibus para a rodoviária da cidade. Andava debaixo de um sol a pino que já me deixava pinel.

Entrei num quarteirão de lojas chiques, uma atrás da outra. Na primeira esquina, senti um cheiro de estrume. Olhei em volta e não tinha nenhum sinal de esgoto entupido, proximidade de um jóquei clube ou mesmo cocô de cavalo espalhado na rua.

Ando pensando demais em metáforas sociais. Pobres limpos, ricos fedendo, esses lugares-comuns. Sol demais na moleira realiza prodígios nos meus neurônios classe-média.

Nenhum comentário: